Dicas para fazer uma marmita saudável

1) Recipiente: Use sempre pote de vidro. O plástico, ao ser aquecido, contamina os alimentos com ftalatos e bisfenol, e os mesmos, além de serem cancerígenos, também favorecem o estoque de gordura no nosso corpo.

2) Divisão: A fim de montar uma refeição mais completa, divida sua marmita em 2 potes: um com salada crua e outro com o prato a ser aquecido. Dessa forma você não deixa de ter sempre a saladinha como entrada.

3) Composição da salada: “Brinque” com as cores na hora de montar a salada! Capriche na quantidade de folhas e adicione legumes diferentes.

4) Composição do prato quente: Escolha uma opção de carboidrato integral, uma proteína magra e legumes refogados como guarnição. A quantidade e tipos dependerão do objetivo e do corpo cada um.

5) Aquecimento: Em casos de não ter micro-ondas ou outro meio para aquecer sua refeição, prepare uma salada completa. Insira no pote da salada um carboidrato integral que seja gostoso de consumir frio, como o tabule de quinua e uma proteína, como frango desfiado, atum ou sardinha.

Opções de cardápio saudável

Opção 1

Salada: Alface americana, tomate, cenoura ralada e beterraba ralada.

Prato quente: Arroz, feijão, couve refogada e carne cozida.

Opção 2

Prato frio: salada de folhas variadas, tomate, cenouras, grão de bico, milho cozido, croutons e atum.

Opção 3

Legumes cozidos: cenoura, brócolis, couve flor e berinjela.

Prato quente: macarrão integral e filé de frango grelhado.

Opção 4

Arroz de forno: arroz, molho de tomate fresco, frango desfiado, ervilha, cenoura em cubinhos,
brócolis, champignon.

Opção 5

Sanduíche: pão integral, queijo cremoso, rosbife, alface, rúcula e erva-doce picada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *