Dicas para gostar de salada

Com certeza você conhece alguém que faz cara feia pra salada, que nem um verdinho no prato consegue colocar, não é mesmo?

Mas é bom avisar para essa pessoa que verduras e legumes fazem muito bem a saúde, são essenciais para nossa alimentação diária, pois tem bastante vitaminas, minerais e fibras. Elas saciam a fome e tem baixo valor calórico. Para reverter esse cenário, listamos sete passos pra deixar essa mistura de folhas mais interessante e você começar a colocar mais salada no seu prato!

Combinar é sempre bom

Quase sempre o primeiro argumento dos ‘antisaladas’ é que o prato não tem gosto. Então, que tal combinar a salada com alimentos que você mais gosta? Opções não faltam: pode ser um frango bem desfiado, ovo, salmão, itens que completam a salada. Entre as opções, utilize também sementes como nozes e castanhas, além de grãos como milho, ervilha. Se você quiser, até frutas como maçã e abacate dão um toque a mais na salada.

Capriche no tempero

Para que a salada fique ainda mais deliciosa, invista em temperos naturais, como o uso do limão, cebola, alho, como também outras opções como azeite, vinagre balsâmico e iogurtes. Os ingredientes realçam o sabor sem perder a qualidade nutricional do prato.

Mude o preparo

Defina o que irá cru ou cozido na salada. Muitos legumes, dependendo da forma que são servidos, abrem mais o apetite, deixando a salada mais interessante.

Menos é mais

Acredite! Tem gente que se afasta da salada, apenas porque tem folhas muito grandes, ou porque o legume é difícil de mastigar. O recomendado é ralar ou picar os alimentos, pois aí eles se misturam aos outros ingredientes que agradam mais a vista e o paladar, ajudando no consumo.

Sabor forte? Nem pensar!

Para os ‘antisaladas’, evite colocar itens que tem o gosto muito forte, como a rúcula e o pimentão, por exemplo. Opte por alimentos que são mais aceitos como a dupla alface e tomate.

Incentivo da família

Na hora que todos estão à mesa, a vontade de comer salada aumenta. Peça sugestões pra quem cozinha em casa, para que mais legumes ou alimentos sejam incluídos no prato.

Seja insistente!

Se aquele legume não ‘desceu bem’ de cara, calma! O paladar precisa se acostumar com sabores nunca experimentados. O ideal é tentar provar o alimento mais vezes, mudar o preparo, além de realizar mais combinações antes de não querer o alimento de jeito nenhum.